Visitante n°

2638271
Hoje
Ontem
Nesta Semana
Neste mês
Total
183
595
1922
5068
2638271

História da Igreja de São Marcos

 

 

A área Ponta d’areia e Ponta do Farol faziam parte da Paróquia de São Francisco. Em fevereiro de 1985, frei Antonio Sinibaldi, pároco da Paróquia de São Francisco por desejo dos moradores da Ponta d’areia, Sra. Adelaide e Sr. Felix reuniram-se para exporem a idéia de fundar uma escola comunitária e que a mesma também seria o local de realização de missas, na qual passou a ser quinzenal.

Depois deste primeiro encontro, sucederam-se vários outros e o número de participantes aumentou.

O local que foi escolhido para fazer a escola foi motivo de muitos desentendimentos pois um morador se dizia dono do lote. Frei Antonio então foi a SURCAPE e conseguiu a licença do terreno. Com a coragem e determinação de alguns moradores comandados pelo Sr. Felix iniciou-se a obra da escola e esta foi inaugurada em 12 de maio de 1985.

Passado o tempo a escola transformou-se na sede da união de moradores, porém a comunidade ansiava por um templo pois desejavam ter missas regulares. Uma moradora da comunidade, dona Rosa foi conversar com frei Carmine, atual pároco da Paróquia de São Francisco e este designou irmã Ágda uma freira franciscana para dar assistência a comunidade. Isto ocorreu em 1991.

Em 1992, irmã Ágda com ajuda das santas missões fundou a igreja católica de São Marcos, nome escolhido em face da existência de um Farol com o mesmo nome na região. Esta passou a ter missas todos os sábados às 20h. Formou-se então o primeiro conselho da igreja tendo como membros dona Teresinha (presidente) que logo depois por motivo de doença foi substituída por Martinha; Dona Adelaide (tesoureira) e Sra. Sândula (secretária). Essas mulheres com poucos recursos financeiros, mais muita fé em Deus conseguiram comprar: bancos, cadeiras, o piso e muraram o terreno. Agora já era uma capela, as missas eram regulares e já participava-se de todas as atividades pastorais da Paróquia.

Os anos foram passando, o bairro evoluindo e novos moradores surgindo ao redor da pequena capela.

Em 1997 formou-se o segundo conselho presidido pelo Sr. João Lima, secretariado pelo Sr. José Maria e tendo com tesoureira a Sr. Expedita. Nesta época já havia sido construído um anexo feito em madeira e coberto com palha para que pudessem ser realizados os festejos do padroeiro. Com o dinheiro dos fiéis (ofertas e dízimos), mas o lucro adquirido pelos festejos, a igreja ia sendo melhorada pouco a pouco.

Em 1999 assumiu o novo conselho tendo com presidente Sra. Ana Claúdia Maciel; vice-presidente Sr. Mariano, tesoureiro Sr. Benú Lago e secretaria Sra. Márcia Cardoso. O pároco do São Francisco era frei Wilton. A igreja de São Marcos crescia em fiéis, grande avanço de evangelização. Iniciou-se nesta gestão varias reformas: conseguiu-se entulhar parte do terreno que era muito alagado, mudar a mesa do altar e o ambão que era de madeira para granito e as janelas que era de elementos vazados para vitrais e comprar o sacrário. Grande evolução.

Em 2001, novo conselho tomou posse, agora presidida por dona Amparo Lago e tendo como vice-presidente Márcia Cardoso, tesoureiro Sr. Benú Lago e secretario José Maria. Durante esta gestão uma surpresa, passamos a fazer parte de uma nova Paróquia, a de São Paulo Apóstolo tendo como pároco o Monsenhor Fellipo. Continuamos os nossos trabalhos, ansiávamos por uma Igreja maior para que pudéssemos receber com mais conforto, os novos fiéis. Para obtermos recursos utilizamos rifas, feijoadas, jantares dançantes, festas em clube, enfim eventos que pudessem gerar dinheiro para efetuarmos a ampliação da igreja. Nesta gestão o anexo que era de madeira e palha transformou-se em alvenaria e telha dando assim inicio a construção da nova igreja.

Em 2003, assumiu o conselho pela segunda vez a Sra. Ana Claúdia Maciel tendo como vice-presidente o Sr. Mariano, tesoureiro o Sr. Benú Lago e secretaria Sra. Josália Feitosa. O esforço continuava e conseguiu-se colocar o piso da parte lateral com blocos de cimento e ganhou-se o novo piso para colocar na nova igreja.

Em 2005, novo conselho foi formado presidido por Marta Maria Ferreira e tendo com vice-presidente Sra. Rosário, tesoureiro Sr. Benú Lago e secretaria Sra. Márcia Cardoso. Nessa gestão agora tendo com pároco o padre Osvaldo Lopes, um pernambucano que Deus nos enviou, promoveu a união das três comunidades que constituem a Paróquia de São Paulo Apóstolo. A comunidade, com a graça do Espírito Santo, crescia em número de fiéis pois o bairro cresceu muito com a urbanização da Lagoa e muitos prédios já haviam sido construídos e a igreja estava sendo descoberta por esses moradores e outras pessoas que vieram de bairros adjacentes. Nesta gestão padre Osvaldo resolveu formar uma equipe de construção para que a nossa singela capela fosse transformada em uma igreja maior que pudesse comportar mais de 300 pessoas. A equipe de construção foi composta pelo Sr. Luís Otávio, Eduardo Cardoso, Nan Souza, Paulo, Nogueira, Benú Lago, Ana Amélia, Bernadete Cardoso, Marta Ferreira e Márcia Cardoso. Através desta equipe a construção obteve grande avanço.

Padre Osvaldo com seu objetivo de evangelização uniu o pensamento das três comunidades. A igreja de São Marcos agora contava com mais firmeza do apoio das duas comunidades irmãs, São Luís Rei de França e São Paulo Apóstolo.

Em 2007, assumiu o conselho a Sra. Cristina como presidente, o Sr. Luís Otávio como vice-presidente o Sr. Benú Lago como tesoureiro e a Sra. Leila Garcia como secretaria. A obra evoluía cada vez mais e hoje 20 de abril de 2008 temos a honra e a graça de celebrar a benção de inauguração da igreja de São Marcos rogando a Deus que permaneçamos unidos com o mesmo propósito para podermos continuar com a construção das áreas anexas que vão nos permitir atender as necessidades de nossas pastorais.

Muito obrigado Senhor Deus pela sua imensa misericórdia e amor e também o nosso muito obrigado a todas as pessoas que contribuíram direta ou indiretamente para que esta obra fosse realizada.